Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

Sempre após, nunca durante

O amor e o tempo da desgraça quando fogem um do outro,

a mordaça que fica entre os dentes a conter as palavras,

o arrependimento depois do fogo se avassalar no poço fundo sem luz.

 

O amor, essa incrédula forma de não sentir dor,

o desamor, esse incrível formato de só sentir dor,

ambos se ajustarão ao tempo da existência na pacatez do silêncio.

 

Sempre após,

nunca durante.