Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

Palavras por ver o sol …II

A vida é uma terra por arar onde os cavalos se soltam sem direcção e livres galopam sem horizonte que lhes trave o sonho. Se não houvesse corpos a morte não tinha a quem escolher.

As estradas não percebem o caminho. As estradas são usadas como os deuses o são, desconhecidos pela oração. Os caminhos são pequenas parcelas de destinos que não entendem o trajecto e desconhecem onde habita o desejo. As cidades não se elevam das praças para as torres. As cidades são as pessoas sem destino ou direcção de encontro à direcção que o destino desconhece.

Metamorfose emocional mais do que empírica tem o caminho da vida. Como existem corpos, tanto a vida como a morte, tem onde se depositar. Deixo-te a minha voz pousada num beijo, ardendo neste abraço que desconheces.