Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

noite atormentada

Acordei. Espreguicei-me com o mar. Lavei o sal dos olhos de uma noite atormentada. Rezei com o nevoeiro e o arco-íris e parti. Parti para o dia deixado pela noite e a esperança que rompe com o sol as nuvens e desenha histórias no céu, como as gaivotas que beijam a terra na saudade da manhã.

Assim me cheirou este acordar.

Cheirou-me ao teu corpo acordado que me adormeceu.