Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

ao Tejo canto uma estrofe

tens na tua voz o mundo,

o afecto,

a liberdade,

a sensualidade da meninice com que te enfeitas,

o sorriso limpo e claro,

o gosto,

o prazer de seres na tua voz,

a voz que és no teu ser.

 

 

as canções que a tua voz embalam,

são a vida descrita em rimas,

o amor entendido nas quadras que se soltam na tua garganta,

nas tuas mãos,

no teu corpo todo,

capital emocional com que me deleitas,

nessa altivez envergonhada de uma canção partilhada,

nos recantos d´alma de um jardim proibido.

 

Todo o teu mundo habita a tua voz.