Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cardilium

Cardilium

Nem sei o quê

São nas mãos envelhecidas que a recordo, mãe. Nas mãos que ordenaram que o céu me protegesse e o diabo se amarrasse. É na lembrança do que esqueceu, mãe, que retorno à nossa casa e me sento sob a esperança que o tempo devolva, nem sei o quê, talvez um pequeno  sorriso de paz fosse suficiente. 

1 comentário

Comentar post