Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

Excerto

Estas palavras caiadas de branco são tao pesadas.

 

Esta noite tenho uma força que me queima por dentro, como uma fogueira que me aquece para além das memórias…

 

- Abraça-me.

- Abraço-te sim.

 

Abraço-te com o fulgor da saudade e da fantasia. Guardo-te em mim e, antes do rasgar da madrugada devolvo-te. Devolvo-me rasgado de mim com a madrugada aconchegada de ti. Fundidos, vou abrir a janela da minha varanda para te ver, borboleta de raio de sol, terra fértil bordada de água, onde mergulho com prazer...

 

Sinto-te tão perto do meu abraço. Bate no meu peito uma vontade de voar para ti, deslizando nesta neve inventada pelo cantarolar do vento. A distância não pode separar que nunca se separou. A chuva confirmou-me. Adormeço sedento de um velho cheiro a ti recordado. 

 

Vou sacudir a poeira da alma e sonhar-te …