Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cardilium

Cardilium

estranho e organizado caos

podia abrir-te todas as portas e as gavetas,

deixar-te rebuscar toda a minha vida,

ficares sabedora dos meus amores,

de todas as minhas dores,

de todos os meus caminhos,

os maus,

os bons

os meus.

 

podia abrir-te todos os meus pensamentos,

todos os meus desejos,

todos os sonhos por inventar,

todos os meus sonhos até por sonhar,

podia “ladainhar-te” todas as minhas preces,

todos os meus credos,

que mesmo assim,

me acharias o mais estranho e organizado caos.

 

podia abrir-te todas as janelas de mim,

deixar pousar os pássaros no parapeito,

que a felicidade seria voo,

sempre que o vento se agitasse,

as nuvens do céu se movessem,

e todas as melodias se calassem,

a cada descompasso,

em que o meu coração sobreviva.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.