Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cardilium

Cardilium

A destruição do tempo

A destruição do tempo na decomposição das almas, os amigos que se perdem, a miséria que alastra, a parca esperança emagrecida, o mundo atómico sobreaquecido, os lares sem lar que se amontoam silenciosos, a pressa com que as horas fogem à vida.

A destruição do tempo incapaz de se construir em alicerces de surdez.

O tempo que não se escuta não se conhece, destrói-se.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.