Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

Cristal

 

Entre bruma e nevoeiro
Alcancei.
Alcancei ventos e tempestades,
Bonança, esperança, esperei.
Moinhos brancos de vento,
Lavaram as palavras, entenderei?
 
E a formula cegamente
A deus a disse e não guardei.
Espuma branca rebentada,
De uma onda que gerei.
Um mar meu,
Preso, sonhei.
 
Altíssima fonte
Guardada.
Gerada na rocha cinza,
Verde mente desaguada.
Vidente podre adivinhada,
Uma fé desconjugada.
 
Perdi deus
Na encruzilhada.
Pelos homens dele amados,
Mensagem, pecado obcecado.
Amantíssimo amor verdade,
Pelo clero justificado!