Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cardilium

Cardilium

Ligaste! Disseste!

Quando se desperta o orvalho nos teus olhos,

Amanhecem nas minhas fantasias,

Alvoradas de passado,

O que sei certo?

É o presente,

Não conheço o futuro em detalhado.

 

Quando em debandada se augura o presente,

Vergam-se instintos e quimeras,

Loucuras, desconstruções,

Outras nem tanto, invenções,

Fico pobre de tanta riqueza,

E de tanta riqueza apodreço.

 

Ligaste! Disseste!

Ai, hoje estive deprimido e tal,

Deprimido?

Como estarão na terra seca,

As crianças desnutridas, sem vacinas,

Pinhais afiados de gérmenes,

Nos rostos gemidos por sorrisos,

Para as lagrimas lamber.

Deprimido?

Palhaço, falacioso intelectual, miserável, moribundo emocional.

Deprimido? Ataques de pânico? Solidão?

Ligaste egoísmo. Está dito!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.