Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cardilium

Cardilium

Este caos organizado

Este caos organizado,

Esta vontade enlouquecida,

Este tufão tropical,

Quente, húmido, alagado de água,

Desordenado,

Desejado,

É a minha inspiração,

As minhas questões,

E as minhas respostas.

 

Não compreendo ou abranjo a normalidade das certezas.

Desafiando o caminho sobrevivi ao meu destino

Desafiando caminhos,

Vesti-me de verdura,

Misturei-me com o pó,

Levantado dos meus passos,

Experimentei percorrer novos trilhos.

 

Sentir-me na vida parado,

Foi sentir-me vivo amofinado,

Arrisquei tudo no desconhecido,

Mergulhei nas aguas turvas,

Das lagoas mal-afamadas.

 

Sobrevivi à tona do meu destino,

Resisti às amarras que doei a mim mesmo,

Escolhi navegar ao invés de naufragar,

Escapei ao embriagado pensamento,

De ficar feliz ausente.

 

Desafiando o caminho sobrevivi ao meu destino.

 

 

 

 

 

 

1º de Maio

Este Maio gerado de Abril madrugado,

Já não tem música nas ruas,

Nem festejos libertinos de liberdade.

 

O pão amassado endureceu,

Os sorrisos esmoreceram,

E o povo não saiu à rua,

Num dia assim.

 

Está moribundo o primeiro dia de Maio,

Sem trabalhadores,

Com senhores!

Pág. 2/2