Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cardilium

Cardilium

Fragmentos de sol deposto

Estende-se na praia a areia branca,

Cor infindável a perder de vista,

Perco-me, 

No horizonte azul,

Posto de mar.

Leio três linhas que se me oferecem,

Poesia, longínqua, natureza,

Na primeira solta-se tristeza,

Na segunda demasia,

Na terceira nasce-me esperança,

Terra minha fecundada,

Desse teu sal transpirado.

Em cada onda que se espraia,

Como sol acalorado,

Desse pranto,

Se faz noite,

Madrugada esse encanto,

Nasce outro dia no mar.